10.10.2019 | Ensino Fundamental

As diversas fontes e habilidades na aprendizagem de História

 

Os estudantes do 7º ano estão estudando a temática da Escravidão no Brasil Colonial. Considerando que, são os protagonistas da sua própria aprendizagem, além das aulas expositivas e de vídeos de apoio, eles se defrontaram com a análise iconográfica sobre a escravidão e a análise musical, para que os mais diversos sentidos, habilidades e competências pudessem ser aprimorados durante o estudo.

Os estudantes realizaram, no Laboratório de Informática, a análise de diversas pinturas do Jean-Baptiste Debret e Johann Moritz Rugendas. Foram incentivados a realizar descrições e legendas das obras, como pequenas produções textuais e partilharam as impressões de cada uma delas.

Durante as reflexões sobre a temática, ouviram e analisaram a música ‘Pindorama’ do artista Fabio Brazza, identificando os temas históricos e a crítica social presente na música.

A canção trata das raízes históricas do Brasil, como por exemplo, as culturas portuguesa, africana e indígena. Traça um panorama sobre a realidade brasileira atual, discutindo temas como preconceito racial, corrupção e desigualdade social, destacando a importância de estudarmos o passado para entendermos o presente.

O objetivo foi conscientizar os estudantes da necessidade de valorizarmos e conhecermos a nossa história e assumirmos a responsabilidade de transformarmos o nosso país no lugar, no qual queremos viver.

Ampliando e atualizando as reflexões sobre o tema, os estudantes realizarão uma atividade de pesquisa sobre o Dia da Consciência Negra e o Preconceito Racial no Brasil e confeccionarão cartazes como produção textual, objetivando informar os demais colegas sobre essa data comemorativa e conscientizar sobre os problemas da manutenção do preconceito racial.

Leia também