20.08.2019 | Notícias Celfran

Aula aberta de Circo – Pais e Filhos

(…)

“Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” 

Cora Coralina

É fato que os pais são a principal referência para seus filhos e, desde o nascimento e por toda a vida, muito ensinarão a eles, por palavras e atitudes.

Enquanto adultos, a tendência é acreditar que sabemos tudo ou muito mais que as crianças, mas, na primeira oportunidade nos surpreendem com valiosas lições! Elas nos ensinam a não levar a vida tão a sério, a brincar mais, a perdoar mais, a abraçar e a sorrir sem que haja um motivo especial para isso!

A vivência de Circo, entre pais e filhos, realizada durante o Espaço Cultural em celebração ao Dia dos Pais, no dia 10 de agosto, teve este propósito: despertar adultos e crianças para esta rica troca de saberes!

Os pais tiveram a oportunidade de viver a experiência real de uma aula de Circo, sob o comando de seus filhos. Brincaram e foram desafiados a vencer a gravidade em movimentos atípicos, como, por exemplo: posições invertidas (parada de mão e cabeça), equilibrar-se em pernas de pau ou andar sobre a bola de equilíbrio, saltar no minitrampolim e colocar toda a força à prova nos aparelhos aéreos. Claro que, em meio a tantos desafios físicos, houve muito espaço para a troca de carinhos, abraços e sorrisos felizes. Lindas cenas de crianças resgatando as crianças que vivem dentro de seus adultos preferidos!

Confiram as fotos: