26.11.2019 | Ensino Médio

Projeto Jovem Cientista e o Programa de Iniciação Científica Junior

No ano de 2018, o Consa estabeleceu uma parceria com o setor de Pesquisas Científicas da Faculdade de Medicina da Escola Paulista de Medicina – Unifesp para promover um intercâmbio entre nossos jovens e a pesquisa científica de excelência desenvolvida nos laboratórios de uma das melhores universidades da América Latina.

Essa iniciativa partiu da Área de Ciência da Natureza do colégio que buscou, nessa parceria, uma oportunidade ímpar para que nossos estudantes do Ensino Médio pudessem vivenciar a experiência de produzir conhecimentos juntamente à cientistas profissionais que possuem destaque em suas áreas de pesquisa. Os estudantes Gabriel Borelli e Valentina Guida, atualmente da 3ª e 2ª séries, respectivamente, foram os selecionados para iniciar esse projeto.

Valentina Guida, estudante da 2ª série do Ensino Médio do Consa, analisa material em pesquisa de Iniciação Científica na Unifesp.

Desde então, esses jovens pesquisadores são acompanhados e orientados pelos estudantes de pós graduação, nos laboratórios da Unifesp, que investigam a fertilidade masculina, sob o comando do Prof. Dr. Ricardo Bertolla, responsável também pelo Programa de Iniciação Científica Junior e coordenador da pós graduação em Urologia daquela faculdade.

Durante o ano de 2018 e 2019, os estudantes fizeram análises sobre a taxa de fertilidade de espermatozoides de pacientes acompanhados pelos laboratórios do Dr. Ricardo. O objetivo do trabalho é avaliar a viabilidade destas células quando são estocadas desde sua coleta até serem submetidas a exames clínicos. Foram estudados vários parâmetros e condições físico-químicas que interferem na viabilidade celular.

Gabriel Borelli, estudante da 3ª série do Ensino Médio do Consa, durante atividades de pesquisa na Unifesp.

Já existem resultados parciais, porém as análises ainda continuam e brevemente serão divulgados os dados completos em publicações científicas da área de urologia e fertilidade humana.

Todo o trabalho segue testes e protocolos de pesquisa já desenvolvidos nos laboratórios de Urologia da Unifesp, reconhecidos internacionalmente, e que seguem regras de biossegurança específicas.

Projetos como esse geram benefícios para todos os envolvidos. O ganho para a área da pesquisa médica aplicada é imensurável, já que, por meio das pesquisas realizadas, é possível descobrir a solução para problemas de milhares de homens que sofrem de infertilidade. Além disso, os estudantes do Consa adquirem um currículo acadêmico bastante vantajoso, pois possuem experiência em iniciação científica, o que normalmente só ocorre a partir do segundo ano de cursos no Ensino Superior.

Esse é um dos vários projetos que ocorrem no Consa com o intuito de alavancar o conhecimento e as experiências acadêmicas de nossos estudantes.

Aline Venancio Conte
Professora de Biologia das 2ª e 3ª séries do Ensino Médio
Bruno Garcia Stranghetti
Orientador da Área de Ciências da Natureza