11.12.2019 | Ensino Médio

Do Consa para Unifesp…

Desde o 2º semestre de 2018 e durante o ano de 2019, os estudantes do Consa, Gabriel Borelli e Valentina Guida, realizaram um estágio nos laboratórios de urologia da UNIFESP.

Inicialmente, eles aprenderam sobre diversas técnicas de pesquisas laboratoriais, protocolos de estudo e, principalmente, puderam ver como era a rotina das pessoas que trabalhavam no laboratório.

No segundo ano de estágio, em 2019, os estudantes receberam duas tarefas distintas relacionadas ao método de pesquisa usado no laboratório para analisar a torvidade mitocondrial do espermatozoide. A estudante Valentina deveria investigar a interferência da temperatura no estudo da atividade mitocondrial do espermatozoide. Já o estudante Gabriel observaria a interferência dos meios de cultura na análise do espermatozoide.

Com o passar do ano, os estudantes realizaram diversas análises em inúmeras amostras, conseguindo realizar a pesquisa adequadamente e chegar a resultados com êxito.

Com esses resultados em mãos, foram realizadas duas apresentações que foram elaboradas de acordo com o modelo de relatório científico o qual apresenta elementos como introdução teórica, hipótese, materiais, procedimentos e resultados.

Essas apresentações ocorreram, no dia 28 de Novembro, no Hospital São Paulo. Os jovens demonstraram competência ao comunicar os resultados de suas pesquisas para os orientadores do projeto, médicos, pesquisadores da Unifesp e para alguns professores do Consa.

Segundo Gabriel “Foi uma experiência incrível, trabalhamos duro e, no meio desse processo amadurecemos, aprendemos como trabalhar em um laboratório de pesquisas, analisar cautelosamente amostras e, ao mesmo tempo, nos divertimos muito! Foi algo especial para mim que levo para o resto da vida, como uma experiência única”.

Gabriel Borelli durante apresentação de seu projeto desenvolvimento na Unifesp

Para Valentina, “Foi uma experiência inesquecível!!! Ao longo de todo o processo nós aprendemos muito sobre técnicas de laboratório, a rotina de pesquisa e principalmente, amadurecemos e nos divertimos muito. Sou grata por ter recebido essa oportunidade, por ter trabalhado com o Doutor Ricardo Bertola e com a minha orientadora Renata. Tenho certeza que levarei essa experiência pelo resto da vida”.

Valentina Guida apresentou seu projeto desenvolvimento na Unifesp

Sem sombra de dúvidas, foi uma experiência muito significativa para nossos estudantes que puderam desenvolver diferentes habilidades, ampliarem sua autonomia e dar mais um passo rumo à construção do conhecimento.