21.10.2019 | Educação Infantil

“Como se brinca na África?”

“Como se brinca na África?”

“Cada criança em suas brincadeiras comporta-se como um poeta, enquanto cria seu próprio mundo ou, dizendo melhor, enquanto transpõe elementos formadores de seu mundo para uma nova ordem, mais agradável e conveniente para ela.”

Freud

“Será que todas as crianças brincam da mesma coisa? Será que todo mundo conhece a amarelinha? E joga bola? Brinca de boneca?” essas foram perguntas comuns nas turmas do Infantil 4 Semi-Integral e Integral, que iniciaram um estudo sobre brincadeiras. Após uma conversa, apresentamos a questão central do projeto: “Como se brinca na África?”.

Desde então, os estudantes estão vivenciando brincadeiras da cultura africana, conhecendo um pouco mais do continente, suas curiosidades e histórias, aprendendo a valorizar os diversos aspectos culturais, relacionando-os com a diversidade de nosso país. Com as brincadeiras africanas, desenvolvem a imaginação, o movimento, a identidade, a autonomia e a linguagem. Além disso, compartilham experiências, ajudam-se mutuamente, buscam solucionar problemas, respeitar seus limites e os dos outros. Aspectos esses, cognitivos e emocionais, tão essenciais para o desenvolvimento global do ser humano, fundamentais na aprendizagem e desempenho escolar de qualquer educando.

“Si Mama Kaa”, “Terra mar”, “Pegue a cauda”, “Saltando o Feijão” e “Mamba” foram algumas das brincadeiras preferidas pelas turmas… já ouviram falar? Perguntem para as crianças que elas sabem ensinar!

Acompanhem algumas fotos desses momentos especiais de aprendizagem!

Professoras do Infantil 4 Semi-integral e Integral

Evania Azevedo, Renata Caires e Viviane Amorim.

Para ver álbum completo Clique aqui.

Leia também