15.03.2017 | Pastoral

A história de N. Sra. Aparecida, a padroeira do Brasil

A história da Nossa Senhora de Conceição Aparecida, padroeira do Brasil, começou em 1717.

O governante das capitanias de São Paulo e Minas de Ouro estava de passagem pelo Vale do Paraíba em São Paulo, mais precisamente por Guaratinguetá. Animados com a visita, o povo daquela localidade resolveu fazer uma festa de boas-vindas e para isso chamaram três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso para lançar as redes no rio e pescar bons peixes. A época não estava boa para pesca, e eles rezaram pela proteção e benção da Virgem Maria e de Deus para que pudessem voltar à terra firme com fartura.

historia_aparecida (Medium)
Painel com a representação dos pescadores quando lançam as redes de pesca e encontram a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Depois de inúmeras tentativas sem sucesso, eis que surpreendentemente eles pescaram o corpo de uma imagem. Curiosos, lançaram novamente as redes e “pescaram” uma cabeça que se encaixou perfeitamente ao corpo. A partir daí, peixes surgiram em abundância. Este é tido como o primeiro milagre da Padroeira. Em seguida, o povo nomeou a imagem como Aparecida para indicar as circunstâncias misteriosas de seu achado.

A devoção de Nossa Senhora  foi se espalhando. Primeiro nas casas, depois se construiu uma capela, depois uma basílica, até chegar ao quarto maior santuário do mundo.

Em 1904, Nossa Senhora Aparecida foi proclamada Rainha e, em 1930, Padroeira do Brasil.

Hoje, a padroeira do Brasil atrai mais de 10 milhões de romeiros e devotos por ano. O Papa Francisco é devoto de Nossa Senhora de Aparecida.

A cidade de Aparecida é o maior centro de evangelização católica do Brasil, é um espelho da devoção popular brasileira e estrangeira pela Rainha e Padroeira do Brasil. Movidos pela fé, romeiros fazem a peregrinação a pé, de ônibus e outros meios, expressam sua gratidão por alcançarem graças e bênçãos especiais pela intercessão de Nossa Senhora, mãe de Jesus.

Comemorando o terceiro centenário do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, 2017, foi declarado ano Mariano e o Santuário Nacional de Aparecida promoveu o Jubileu “300 anos de bênçãos”, com uma programação especial. Todas as dioceses do Brasil, desde 2014, se preparam, recebendo a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que percorre cidades e periferias, paróquias e Instituições.

“É a Mãe que vai ao encontro de seus filhos, para que, em outubro de 2017, os filhos venham até a Mãe, no Santuário Nacional”. De cada capital visitada, é colhida uma porção de terra para que seja composta uma coroa jubilar. Uma caminhada que deverá unir o Brasil ao redor de Nossa Senhora Aparecida, por laços de fé e amor.

Escolas Católicas estão recebendo a visita da imagem, vinda do Santuário de Aparecida e, com muita alegria, o Consa recebe hoje, dia 16/03, a visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que ficará no Colégio até amanhã, dia 17/03, às 13h30.

Todas as séries terão um momento celebrativo especial e as famílias, que desejarem fazer um momento de oração e trazerem suas intenções, estão convidadas a aproveitar esse tempo de bênçãos e graças especiais.

Pedimos que Nossa Senhora Aparecida derrame graças em abundância sobre os Estudantes, os Educadores, as Famílias e à Missão do Consa, pois, nesses 80 anos, sempre confirmou seu auxílio admirável e miraculoso a esse Colégio que leva seu nome.

Nossa Senhora Aparecida: Guardai-nos, defendei-nos, mostrai que esta casa vos pertence e que sois nossa Mãe: Amém!