13.09.2021 | Blog

Desenvolvimento psicomotor na primeira infância

A primeira infância compreende o período que vai do nascimento até os 6 anos de vida. Durante essa fase, são desenvolvidas habilidades fundamentais, como a fala, a interação social, a consciência fonológica e a psicomotricidade.

O desenvolvimento psicomotor, portanto, é de extrema importância na infância, pois conecta os aspectos emocionais, cognitivos e motores, assegurando o desenvolvimento funcional, de acordo com as possibilidades da criança, e ajudando sua afetividade a expandir-se e a equilibrar-se por meio do intercâmbio com o ambiente humano.

Como a escola trabalha o desenvolvimento psicomotor na primeira infância?

Sempre de maneira lúdica e envolvente – afinal, é por meio do brincar que a criança expressa seus desejos e emoções, além de estabelecer as relações com o meio, com seus pares e consigo própria.

Dessa forma, jogos como “amarelinha”, “corra para a forma”, circuitos motores, entre outros, são parte essencial da rotina da Educação Infantil. Em atividades como essas, tanto o desenvolvimento motor, como o cognitivo, o social e o emocional são estimulados em concomitância.

Atividades que contribuem para o desenvolvimento psicomotor na primeira infância

Até 3 anos

✓ Gincanas;

✓ Exercícios com bolas;

✓ Atividades táteis;

✓ Pintura de corpo;

✓ Encher e esvaziar recipientes etc.

A partir dos 4 anos:

 Atividades que trabalham a psicomotricidade e podem ser realizadas em qualquer idade.

✓ Pular;

✓ Dançar;

✓ Rolar;

✓ Como amarrar o sapato;

✓ Como pentear os cabelos;

✓ Como se vestir;

✓ Como pegar objetos;

✓ Desenhar;

✓ Pintar;

✓ Colagem.

Como pais e responsáveis podem estimular o desenvolvimento psicomotor na primeira infância?

✓ Com demonstrações de carinho e afeto, proporcionando um ambiente emocionalmente saudável para a criança;

✓ Com o incentivo a brincadeiras como: atividades de mímica, montar quebra-cabeças, fazer dobraduras, fingir que é uma “estátua”, modelar massinha, entre outras.

✓ Com a prática de atividades que movimentem o corpo, como: jogos de se equilibrar em um pé só, os tradicionais esconde-esconde, pega-pega, a imitação dos movimentos de animais e, conforme a criança for crescendo, com o estímulo à participação em esportes conjuntos ou individuais.

✓Com atividades de mimetização que levam a criança a observar atividades, imitar e assimilar novos conhecimentos, como: dobrar roupas, guardar as compras, lavar o carro e calçar os sapatos.

Gostou do que conferiu aqui? Aproveite e veja também:

Como criar um bom ambiente de aprendizagem para seu filho nas aulas à distância?