29.11.2021 | Blog

Como auxiliar seu filho na escolha da profissão

A escolha profissional é um momento muito importante na vida de uma pessoa por se tratar de uma decisão que permeará vivências e cenários futuros. Vivemos em um mundo onde inovações ocorrem a todo vapor e, diante disso, tornou-se mais natural e recorrente que as pessoas revejam seus anseios, propósitos de vida e decidam associar suas escolhas profissionais a isso. A fim de conseguir assertividade e segurança na escolha, é necessário que se tenha bastante cautela nesse processo. Então, se você está precisando tomar uma decisão ou orientar alguém nessa empreitada, tente ter clareza, calma e livre-se da pressão do “para sempre”.

A ação de escolher algo, naturalmente, nos convida a fazer perguntas e, quando o assunto é profissão, essas dúvidas se voltam para o eu: Quem sou eu? O que eu gosto de fazer? Como me vejo no futuro? Esses questionamentos são saudáveis, quando conduzidos por uma orientação ou ajuda profissional.

A escolha profissional pode ocorrer na adolescência, contudo, nessa fase, o jovem ainda se encontra em período de transição, intensas descobertas e, por isso, é extremamente importante o autoconhecimento. Assim, quando esse momento chegar, por mais que os sentimentos próprios da adolescência aflorem, será possível fazer uma escolha coerente com a verdadeira vontade, essência e habilidades do seu filho.

Escute o seu filho

Sabemos que, em algumas fases da vida, voltamos a questionar quem somos e o que gostamos, entretanto, algumas pessoas passam a vida toda sem saber quem realmente são ou o que gostam de fazer, fato que prejudica, em diversos âmbitos, o desenvolvimento humano. Por isso, é extremamente importante que, desde cedo, diálogos sobre o futuro, desejos, habilidades, profissões e profissionais que inspiram, estejam presentes no cotidiano de seu filho. Esses estímulos podem ajudá-lo a aprender a escutar a si mesmo, reconhecer suas habilidades e exercitar o autoconhecimento.

Cuidado para não transferir um sonho profissional para o seu filho

Verdade seja dita, muitas vezes os pais projetam para a carreira profissional de seus filhos, aquilo que, na verdade, seriam seus próprios anseios profissionais. Procure perceber se você está agindo dessa forma.

Geralmente, os pais são levados por um sentimento de saber o que é melhor para os seus filhos, podendo chegar a interferir sobre a escolha profissional desse adolescente. Tal fato pode desencadear sentimentos e comportamentos não saudáveis. O jovem pode se sentir privado de escolher e se desinteressar, podendo optar por uma profissão, apenas para agradar e atender às expectativas da família ou ainda fazer uma opção diferente da esperada, para contrariar a decisão dos pais.

Todos esses cenários podem gerar grandes frustrações e desapontamentos pessoais, uma vez que o adolescente não pôde atuar como protagonista em seu próprio percurso profissional.

Diante disso, procure orientar seu filho por meio do diálogo, encoraje-o a pesquisar sobre o mercado de trabalho e profissionais que ele admira. Se você identificar que esse processo está sendo muito conflituoso, proporcione-lhe uma orientação profissional, com uma abordagem adequada que poderá contribuir para o processo de desenvolvimento da autonomia.

Confira, também, o nosso artigo “Veja porque a influência dos pais, na decisão profissional dos filhos, nem sempre é saudável.”

Apoie as escolhas do seu filho

Com muita cautela, ofereça liberdade ao seu filho para que faça pequenas escolhas, no decorrer da juventude, como decidir por uma atividade extra ou esporte que queira praticar. Dessa forma, você contribui para o desenvolvimento da autonomia e, além disso, seu filho passará a ver que acredita nas escolhas dele, contribuindo para que se sinta mais confiante em suas próprias decisões.